Vamo se mexê povo!

Quem me conhece sabe que sou chato e revoltado com certas coisas, e uma coisa que me incomoda é ouvir alguns programadores PHP reclamarem do mercado de trabalho e inclusive falar que irão largar o PHP por isso…

Sei que sou radical ao falar isso (até porque a escolha de trocar de linguagem ou não é problema de cada um), mas o que não vemos realmente é que existe uma cultura tosca dizendo que “PHP é coisa de criança” ou “PHP é só pra sitezinho” e isso denigre completamente o trabalho dos desenvolvedores que ralam durante anos pra criar aplicações robustas e confiáveis.

Vejo em várias instituições de ensino que PHP é utilizado para ensinar o básico de programação WEB e quando os alunos vão fazer algo avançado mudam pra Java (esse foi o motivo principal que comecei a dar aula… mostrar pra alguns que dá pra fazer muita coisa com PHP).

Ainda por cima me aparece no Jornal Hoje uma reportagem (que pelo visto já teve seu texto editado) dizendo “(…) quando for .php, pode ser em grande maioria, um virus (…)”. Santa ignorância Batman…

Ainda bem que a comunidade PHP num deixa barato e já criou uma petição online para exigir a resolução desta falha.

Queremos salários melhores? Queremos que a linguagem que a gente gosta tenha reconhecimento no meio profissional? Temos que nos mexer, estudar e fazer códigos decentes, robustos, com qualidade seguindo as boas práticas. E claro, cobrar preços de gente pelos trabalhos que fazemos!

Anúncios

About lcobucci

Passionate PHP Developer

2 responses to “Vamo se mexê povo!”

  1. Hermenegildo Marin Júnior says :

    Infelizmente, hoje, contamos com muitos profissionais que preferem se vender a preço de banana e produzir mais do que cobrar por alta qualidade de código. A quantidade desses profissionais é tamanha, e esses, muitas vezes não procuram se iterar de boas práticas e novas tendencias ou soluções.

    Por outro lado temos as empresas, que contratam esse tipo de profissional, que é o tipo de empresa que quer um produto rápido, não se importando com a manutenção desse sistema, outras ainda preferem pagar aos seus profissionais um baixo salário por causa dessa quantidade de mão de obra, sem qualidade, porém, muito barata.

    Acho que o profissional que trabalha com PHP só vai começar a ser valorizado quando as empresas começarem a vivenciar quais os louros de quem trabalha com uma qualidade superior de código, visando o o lucro, porém com qualidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: